Confrontos após reeleição de Widodo deixam mortos na Indonésia

Distúrbios em Jacarta ainda deixaram 200 feridos. Ex-general Prabowo Subianto, que perdeu a eleição para Widodo, disse que irá pedir a impugnação da eleição

Polícia lança bombas de gás lacrimogêneo para dispersar apoiadores do ex-general Prabowo Subianto, em Jacarta, nesta quarta-feira (22) — Foto: Associated Press

Seis pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas em confrontos de eleitores contrários à reeleição do presidente da Indonésia, Joko Widodo, e a polícia, em Jacarta, entre a noite de terça-feira (21) e esta quarta (22).

O governador da capital do país, Anies Baswedan, divulgou o balanço de vítimas em conversa com a imprensa local após visitar o hospital Tarakan, no centro da capital. A polícia informou que pelo menos 60 pessoas foram detidas, de acordo com a Efe.

O candidato à presidência derrotado, o ex-general Prabowo Subianto, acusou Widodo de fraude nas eleições do dia 17 de abril e anunciou que pedirá a impugnação do resultado perante o Tribunal Constitucional, enquanto seus partidários se manifestavam desde ontem nas ruas.

Os incidentes começaram à noite no fim de um protesto pacífico de seguidores de Prabowo, liderados por grupos islâmicos, que se reuniram em frente à sede da Agência de Supervisão Eleitoral na capital e da comissão eleitoral.

Presidente reeleito da Indonésia, Joko Widodo, visita subúrbio de Jacarta nesta terça-feira (21) — Foto: Goh Chai Hin / AFP

Milhares de pessoas ainda estavam nesta manhã jogando pedras e coquetéis molotov na polícia, que responderam atirando balas de borracha e gás lacrimogêneo.

A situação se acalmou com a chegada de um contingente de soldados que foram colocados entre a polícia e os manifestantes.

O porta-voz da polícia de Jacarta, Prabowo Argônio Yuwono, disse que eles estavam fazendo a segurança das áreas onde acontecem os distúrbios, no centro de Jacarta, e evitou dar informações sobre mortos e feridos.

Cerca de 32 mil agentes protegem as sedes das duas instituições com arame farpado e veículos de choque, esperando novos protestos durante o dia na capital do país.

Os distúrbios ocorreram depois que a Comissão Eleitoral da Indonésia (KPU, sigla em indonésio) confirmou a vitória de Widodo nas eleições com 55,5% dos votos, contra 44,5% obtidos por Prabowo, que rejeitou assinar a ata dos resultados eleitorais.

Widodo, de 57 anos, é considerado um muçulmano moderado em um país no qual o islã conservador está avançando. O seu vice, Ma'ruf Amin, é um pregador conservador escolhido para conquistar o eleitorado religioso.

Durante a campanha, Subianto, de 67 anos, se aproximou dos grupos islâmicos mais radicais. O seu companheiro de chapa era Sandiaga Uni, um ex-empresário.


Nos Ajude a continuar ajudando.Comprando algum produto da nossa LOJA ou contribuindo para nossas causas através da nossa ASSINATURA você nos ajuda a manter viva a nossa luta para informar, discutir e incentivar assuntos artísticos, políticos, sociais e ambientais!


INSCREVA-SE

 Se inscrevendo você recebe todas as principais notícias do mundo e se mantem sempre atualizado sobre os assuntos que trazemos, envolvendo arte, cultura, política, ambientalismo e muito mais..

Além de apoiar as causas e ficar por dentro do que mais te agrada, você recebe benefícios e materiais exclusivos para assinantes!

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

MENU 

© 2023 by FEEDs & GRIDs. Proudly created with Wix.com

 COLETIVO UNI 06.164.348/0001-09 Endereço: R. Basílio de Magalhães, 85 - Taquaral, Campinas - SP, 13088-010 -

Tempo estimado de entrega: 7 dias

Email: Coletivouni1@gmail.com

Telefone: 19 984495555 

O Serviço e todos os materiais nele contidos ou transferidos, incluindo, sem limitação, software, imagens, textos, gráficos, logotipos, patentes, marcas registradas, marcas de serviço, direitos autorais, fotografias, áudio, vídeos, música e todos os Direitos de Propriedade Intelectual relacionados a eles são a propriedade exclusiva do Coletivo UNI. Exceto conforme explicitamente fornecido neste documento, nada nestes Termos deverá ser considerado como uma licença em ou sob tais Direitos de Propriedade Intelectual, e você concorda em não vender, licenciar, alugar, modificar, distribuir, copiar, reproduzir, transmitir, exibir publicamente, realizar publicamente, publicar, adaptar, editar ou criar trabalhos derivados.